Top Crane 2011-Plano de Rigging

Top Crane 2011-Plano de Rigging Imagem Ilustrativa de Top Crane 2011-Plano de Rigging.

IPS é reconhecida no 4º Prêmio “Top Engenharias”

Em sua segunda edição, o prêmio TOP CRANE elege as melhores empresas brasileiras nos segmentos de elevação e movimentação de cargas pesadas e de transportes especiais. São cinco vencedoras nas sete categorias do primeiro grupo e cinco nas cinco categorias do segundo grupo.

O plano de Rigging vencedor dessa categoria na edição 2011 do prêmio Top Crane, foi desenvolvido para a substituição da convecção do forno L-2701 na Refnaria Presidente Bernardes – Cubatão

(RPBC), da Petrobras. O maior desafio do projeto, segundo Edvaldo Peixoto, diretor da IPS Soluções Técnicas em Movimentações de Cargas, que elaborou o estudo, estava em reduzir ao máximo o tempo de parada do forno: “As metodologias adotadas em operações similares anteriormente realizadas previam um prazo mínimo de execução de 30 dias, que seria extremamente prejudicial à produção da refinaria”, explica. O trabalho não só foi concluído com êxito, como teve duração de apenas 15 dias, reduzindo em 50% o período inicialmente previsto.

A premiação da IPS foi conquistada, principalmente, por essa redução do cronograma de execução, pelos complicadores de realizar uma operação complexa em uma indústria em operação, pelo rigor da Petrobras em relação a normas de segurança interna e pela otimização dos equipamentos empregados. Em 2010, a IPS também venceu a mesma categoria em razão de outro estudo diferenciado: a

descarga de dois pórticos Goliath Crane e de um motor, embarcados diretamente da China para o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Suape (PE).

O Projeto, Peixoto explica que a solução proposta pela IPS e aprovada pelos engenheiros da Petrobras para a substituição do forno na refinaria foi a desmontagem parcial da máquina, em lugar de seu desmonte total, como previsto inicialmente. Acordado esse ponto, foram definidos os estudos de equipamentos e logística para a realização da operação. Na elaboração do Plano de Rigging foram empregados quatro softwares: o AutoCAD 2010, o Liccon Work Planner e o Compu Crane. A análise minuciosa do projeto levou à definição de outros procedimentos: a necessidade de adequações na fabricação da convecção, a modalidade rodoviária para seu transporte e a viabilidade de sua movimentação dentro da refinaria. Peixoto comenta que, nesse último caso, foi necessário contornar as limitações de altura e largura da portaria de acesso da planta. O problema não estava na largura útil da estrutura, que era de 4 m e permitia a passagem do conjunto transportador, mas a altura, limitada a 4,78 m, sem qualquer possibilidade de alteração. Esse fator obrigou os engenheiros a optar pelo transporte em separado da seção superior do novo forno, o que implicou em um trabalho adicional: a pré-montagem da peça no canteiro de obras, localizado próximo à área de manutenção.